segunda-feira, 20 de junho de 2016

CORREÇÃO DOS EXERCÍCIOS DAS PÁGINAS 158 À 164

No 1º quadrinho, Cebolinha questiona a mãe a respeito do próprio nome.
a) De acordo com a explicação dada pela mãe, qual é a razão do nome Cebolinha? É um nome de família.

b) No quadrinho seguinte, qual é a imagem que Cebolinha cria para entender a explicação dada pela mãe? Cria a imagem de sua genealogia, ou seja, da sequência dos seus antepassados.
2. Cebolinha associa os nomes à ideia de maior e menor e de mais velho e mais novo.
a) Como ele estabelece essas relações? Para o garoto, se ele é Cebolinha e o pai é Cebola, o avô seria Cebolão.
b)No último quadrinho, ele pergunta o que é maior que Cebolão. A quem ele pretende atribuir esse nome? Ao bisavô.
c) Você teria alguma sugestão do nome a ser dado para o que é maior que Cebolão?
2c. Resposta pessoal
d) Cebolinha queria saber como era o nome do bisavô. Mas não se preocupou em saber como deveria chamar futuramente o próprio filho.
Mantendo a lógica seguida por Cebolinha, como você acha que se chamaria o filho dele?

Resposta pessoal.
Árvore genealógica é uma representação gráfica
Da história familiar de uma pessoa, ou seja, dos seus antepassados. Algumas árvores genealógicas, além dos nomes, trazem fotografias da criança, irmãos, pais, avós paternos e avós maternos. Você já montou a sua árvore genealógica? Faça um esquema em seu caderno, colocando o seu nome, depois o nome de seus pais, depois o nome de seus quatro avós e, se possível, o nome de seus
oito bisavós
.
Há, na língua portuguesa, muitos substantivos que trazem sufixos formadores de aumentativo e diminutivo, mas perderam ao longo do tempo esses valores e adquiriram significados especiais.

EXERCÍCIOS
a)Que palavra da tira exemplifica esse fenômeno? A palavra ratazana.       
b) Cite outros desses substantivos.
portão, florão, cartão, fortaleza, folhinha (calendário), lingueta,
ca
rtilha, vidrilho, pedregulho, pedrisco, pastilha, etc.



Leia estes substantivos:
Rabo   fazenda  forno  Jogo  barba mulher   corpo   barca   porta  fedor


Tente descobrir qual (ou quais) deles:

a)  faz(em) o aumentativo com o sufixo -aço/a; jogo: jogaço; mulher: mulheraça; corpo: corpaço; barca: barcaça
b)faz(em) O aumentativo com o sufixo -ína: fedor: fedentina
C) faz(em) O aumentativo com o sufixo -alha, forno: fornalha
c)  faz(em) O diminutivo com o sufixo -Ola;fazenda: fazendola; porta: portinhola
d) faz(em) o diminutivo com o sufixo -icho/a.rabo: rabicho; barba: barbicha


3.        Entre as frases a seguir, há apenas uma em que os diminutivos não dão ideia de afetividade. Qual é ela?
a) Amorzinho, vem no colinho da mamãe, vem!
x e) Que sujeitinho à toa! Não passa de um reporterzinho incompetente

No 19 quadrinho, é empregado um adjetivo no grau superlativo absoluto sintético: amabilíssimo.
a)   Qual é a forma analítica equivalente a essa forma sintética? Muito amável.
b) Que alteração fonética você observa entre as formas analítica e sintética desse superlativo?
A terminação -vel, de amável, é substituída por bilis (amabilis).
,
2.       A alteração fonética que você observou na questão anterior se deve ao fato de o sufixo -íssimo ter se liga-
do diretamente à forma latina amabilis (amável). O mesmo fenômeno ocorre com os adjetivos a seguir.
Dê o superlativo absoluto sintético desses adjetivos, de acordo com a norma-padrão, a partir das formas
latinas indicadas entre parênteses.


antigo (antiquo) antiquíssimo
magro (mace r)

macérrimo
amargo (amaro) amaríssimo
livre (liber)

libérrimo
áspero (asper)
aspérrimo
            pobre (pauper)
paupérrimo

doce (dulce)
dulcíssimo
          Sábio(sapiente)
sapientíssimo

fiel (fidel)
fidelíssimo
provável (probabilis) probabilíssimo





Observe como se forma o superlativo absoluto sintético da palavra feio:


feio + -íssimo = feiíssimo

Note que a vogal o do final da palavra feio desaparece e ocorre o acréscimo do sufixo -íssimo. Seguindo     C
esse procedimento, dê o superlativo absoluto analítico dos adjetivos:

·cheio
cheiíssimo
·frio
friíssimo
·   sério
seriíssimo

Texto O futebol traz o riso 
1.       O autor rejeita o costume de empregar o sufixo -inho no nome de jogadores de futebol. Por quê?

Porque -inho dá ideia de diminutivo carinhoso, o que não se vê no comportamento dos jogadores, que não são carinhosos nem gentis uns com os outros quando
disputam a bola
.
2.Para explicar os sentidos do sufixo -ínho. o autor emprega dois adjetivos.

a) Quaís são eles? carinhoso e acriançante

b)   Um desses adjetivos é um neologismo, ou seja, uma palavra inventada pelo autor. Qual é ela? O
que significa?
Acriançante, que significa "infantil" ou "que torna criança".
c)Por que o autor acha que o sufixo -ão seria mais apropriado para os jogadores de futebol?
d)Porque futebol é um esporte bruto e, às vezes, até agressivo. Logo, o sufixo -êo, por dar ideia de tamanho ou força, seria mais adequado.
e) 
f)Os sufixos -inho e -ão podem se ligar a substantivos e adjetivos. Qual é a classe gramatical da pala-
vra a que se liga o sufixo -inho no texto? o sufixo -inho liga-se à palavra Ronaldo, que pertence à classe dos substantivos .
Por que o autor considera que Ronaldinho é o único jogador que merece o sufixo -inho?
Porque ele é o único jogador que parece criança, ou seja, que joga com uma alegria de criança.

Tirinha
. O ratinho expressa sua felicidade numa visível gradação. Observe:

"Eu estou feliz! Muito feliz! Felicíssimo! Muito felicíssimo!"

a)   Dessas formas, qual não expressa gradação? feliz

a)   As formas muito feliz (analítica) e felicíssimo (sintética) são superlativos. Que diferença de sen-
tido há entre elas?
A forma felicíssimo é muito mais expressiva do que a forma muito feliz.

2.       Observe a forma "muito felicíssimo"
a)  Ela está de acordo com a norma-padrão? Por quê?
Não, pois, de acordo com a norma-padrão, não pode haver uma forma analítica junto de uma sintética.
b) Justifique, do ponto de vista da lógica, a resposta do item anterior.
A forma felicíssimo já expressa o grau máximo do estado de felicidade. Acrescentar a palavra muito é tornar a ideia redundante.
                                       
C) O que explica esse emprego no contexto?
Para a personagem, a forma felicíssimo ainda era insuficiente para expressar toda a felicidade que sentia.

3.Resposta pessoal

13 comentários:

  1. Lourdinha,achei seu blog muito legal,bom e nos ajuda muito a fazer as atividades que estamos em dúvida!!! Muito obrigada por participar deste momento da minha vida de aprendizado!!! Muitos e muitos beijos da Laurinha🎀

    ResponderExcluir
  2. É também esqueci de falar que #amo❤️Português!!!! Muito obrigada Lourdinha!!! Muitos e muitos beijos da Laurinha🎀

    ResponderExcluir
  3. adorei esse blog parabéns

    ResponderExcluir
  4. muito obrigada,me ajudou bastante.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado gostei muito do seu blog me ajudou muito

    ResponderExcluir
  6. Me ajudou muito na tarefa!!

    ResponderExcluir
  7. Muito bom esse blog me ajudou muito.
    Muito obrigado

    ResponderExcluir